26 de outubro de 2010

Nunca é tarde!

Somos pontos únicos no universo que roda em torno de nós, numa viagem solitária, nesta busca incansável de sermos felizes, muitas vezes temos a felicidade de encontrar alguém que nos acompanha nessa viagem, com um caminho em tudo semelhante ao nosso, onde cruza constantemente connosco, e junta as suas necessidades às nossas, os seus desejos, se mistura e funde no nosso sentir, e torna a viagem numa subida ao céu, tornando todos os obstáculos que nos vão aparecendo pelo caminho mais fáceis de ultrapassar, e nos dá a mão no nosso levantar constante nesta aprendizagem que é a vida… mas muitas vezes, e nem sabemos por que regras se rege o destino, andamos a vida toda a tentar cruzar com alguém que erradamente não se cruza no nosso caminho, mas que insistimos em querer, desejar para nós, trazendo infelicidade, em vez de alegria, e com o tempo, o hábito acaba por levar-nos por caminhos que nunca desejamos, e aos quais parecemos presos para sempre, e pensamos que agora já é tarde para… mas nunca é tarde para se ser feliz, para mudar o curso das nossas vidas, para começar de novo, embora para isso seja preciso imensa coragem, seja preciso romper não só os laços que temos, mas os vínculos que nos amarram à nossa consciência, aos nossos valores, que estão diariamente a ser postos em causa, aos preconceitos da sociedade em que vivemos, que se rege por padrões demasiado rígidos e pouco flexíveis. Há que olhar para nós, e por nós próprios porque ninguém mais o fará, para sermos verdadeiramente felizes!

4 comentários:

yin disse...

e quando encontramos ....a vida dá-nos tudo ja senti isso..já encontrei, senti..ainda hoje, passei pelo lugar de um sonho onde não deveria passar mais...é quase pecado o que se ignora, o que nos obrigamos a esquecer...nem todos têm coragem...há um comodismo prático generalizado que impede as pessoas de perseguir sonhos e só criar problemas, sem se darem conta do que perdem..o ser humano é o ser mais criativo, quando não tem problemas cria-os...
la vie

Moonlight disse...

Querida Sus,

Lindas as suas palavras,verdadeira a sua reflexão.
Mas por vezes existe tanto...que não nos deixa a hipotese de avançar,de quebrar com tudo e seguir o nosso nova caminho...quando só dependemos de nós propios,isso é mais simples...quando outros dependem de nós....isso deixa-nos apreencivos e indecisos...
mas concordo plenamente consigo,"... Há que olhar para nós, e por nós próprios porque ninguém mais o fará, para sermos verdadeiramente felizes"

Bj cheio de luar

Desculpe minha ausencia...

Sus disse...

Yin,
Nem sempre é fácil arriscar um novo inicio, mas a vida é assim, um eterno recomeço... sempre de formas diferentes, mesmo que muitas vezes nos custe.

Beijinho e fica bem! :)

Sus disse...

Moon,
Eu sei que é dificil começar de novo, principalmente quando parece que temos tudo, mas se olharmos bem, temos pouco... e há que começar de novo nem que seja do zero... e os que dependem de nós, dependerão sempre em qualquer circunstância, mas não podem servir de desculpa para procurarmos a felicidade!

Beijooooooo


E nada de pedir desculpa pela ausência, é sem obrigação... :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...