21 de novembro de 2010

Na outra margem de mim...

Na outra margem de mim…
habita o riso aberto dos teus olhos
que ainda não cruzaram os meus
habita o som colorido das tuas palavras
que ainda não escutei!
Dentro de mim ouço…
e sinto a força do teu sentir
na incerteza do futuro por chegar!
Invado o espaço do teu pensamento
e ficas-me na memória…
pintado a preto e branco
num abraço colorido de sons e imagens!

Na outra margem de mim…
existem sons do pousar do teu olhar
nas curvas do corpo que ainda não conheces
existem cores dos meus desejos
que o teu corpo ainda não sentiu!
Dentro de ti vês…
e sentes o leve toque dos meus dedos
que deslizam pela estranha terra da tua alma!
Cercas-me de beijos e carícias
numa mistura de palavras coloridas
que me cobrem o corpo
e desabrocham num bouquet
de silêncios e delírios secretos!

4 comentários:

Vieira Calado disse...

A estranha terra das almas...

Gostei.

Bjs

Anónimo disse...

que lindo
Lindo


Um beijo


Meri Aleixo

Sofia disse...

Love is in the air... na tua outra margem que ganha uma dimensão maior!
Essas secretas alegrias da antecipação, do desejo, da felicidade ao virar da esquina... Dá vontade de sorrir, cantarolar e dançarolar, love, love, love, lá, lá, lá!:-)Bjs.

P.S-Gostei do texto!

BLOG DO PROFEX disse...

As duas margens contêm e represam o rio e o fazem caudaloso ou manso. Lindo texto! Um natal luminoso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...