19 de julho de 2011

Um pedido apenas!

Cantai, cantai, as harpas no universo imenso
Oh! Chama de um Deus perdido
Luz do meu olhar, fervor da minha carne
Dai-me a mão, num toque celestial
Como estrelas aladas da noite
Neste frio que o vento traz de volta
Embala-me a alma, numa sinfonia hipnotizante
Deixa tocar sem parar…
E faz-me juras de amor eterno!
Tocai, tocai, os sinos do meu coração
Oh! Beleza singela de um Anjo
Que de rosas me cobres, como vestes de veludo
Cor de púrpura, cor da paixão
Aquela que vagueia livremente pelas estradas solitárias
Das entranhas que me fazem tremer
Vestidas de grinaldas dos roseirais selvagens
Fecha os olhos e mergulha no sagrado perfume
Do meu corpo, escravo do pecado
Deste desejo voraz de apenas te tocar
Dançai, dançai, a valsa da meia-noite
Oh! Ave selvagem, de rugido felino
Leva-me a voar nas asas das tuas carícias
No calor que me enternece os seios
Dos abraços infindos que os teus olhos me enlaçam
Na pureza virginal de uma lágrima por derramar
Canta-me pela madrugada… palavras
De estremecer, da luxúria encerrada em teus lábios
De voz trémula, a sussurrar baixinho
- Dá-me apenas um beijo!

1 comentário:

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje passando para agradecer a tua amizade de sempre e deixar um beijinho carinhoso pelo dia do amigo.
Tenho um miminho no lado direito do meu blogue.
O texto está lindo...uma prece, eu um dia pedi uma rosa, tu pedes um beijo, eu não recebi a rosa, espero que recebas o beijo.

Beijinhos
Rosa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...