2 de abril de 2011

Momentos...

Um gemido...

Um balão a pairar
num passeio de jardim
um encontro ao luar
com cheiro de jasmim!
Uma rosa oferecida
por um sorriso invadido
numa ponte estabelecida
de um vazio preenchido!
Um encanto encontrado
num sussurro escondido
num abraço apertado
por um toque atrevido!
Uma palavra silenciada
de um sonho entrelaçado
uma memória partilhada
num silêncio murmurado!
No escuro um segredo
de um olhar molhado
uma dança sem medo
num beijo demorado!
Uma alma nua
um corpo despido
minha boca na tua
num orgasmo sentido!

...num momento de ternura!


Participação no tema de Abril

15 comentários:

Sotnas disse...

Olá Sus, que tudo esteja e permaneça bem contido!
Que bom poder retornar ao teu cantinho, ler este belíssimo e sensual poema, e ouvindo esta bela música ao fundo!
Simplesmente encantador teu espaço, parabéns!
Gosto também muitíssimo das imagens postadas aqui, tem muito bom gosto e critério na escolha!
Despeço-me desejando a você e todos ao redor infinita felicidade, e agradeço pelas visitas carinhosas, grande abraço e até mais!

Briseis disse...

O Abrunhosa vai ficar roxo por poder acrescentar estes versos à música dele! =)

Mz disse...

Sinronia em momentos de ternura e sensualidade que enriquece o acto a dois quando se ama de corpo e alma.

Moonlight disse...

Minha querida Sus...

...muito bonita sua participação lá no Fabrica de Letras(eu o mês passado tambem participei)
Seu poema é lindo,cheio e sentido com bastante intensidade.
Adorei!
Dava versos lindos para uma bela musica!

Bjinho cheio de luar

Sinhã (açorda não) disse...

ternura que não é tristeza suave.:-)

JGCosta disse...

Eis o amor envolvido na mais bela ternura!

Abraços renovados e parabéns pela participação!

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema lindo...um hino ao amor, adorei e deixo um beijinho carinhoso.

Sonhadora

Secreta disse...

Devo dizer que adorei :)
Existem sentires que nos reconfortam todo o ser.

Utópico disse...

Um poema absolutamente ESPECTACULAR (desculpem lá o C, mas não gosto do acordo ortográfico).

Nem queria acreditar que quando o estava a ler estava a ouvir na minha cabeça a música do Abrunhosa.

Excelente participação e Excelente blog

Natália Augusto disse...

Poema de uma profunda sensibilidade, onde as emoções estão à flor da pele e fluem nas letras do teclado.
Poema do ser! Poema de sentir! Poema da TERNURA!!!

Sandra disse...

Poema com muita sensibilidades...
A ternura é um momento muito especial entre as pessoas.
Lindo o texto. a interação de Amigos tbém está participando.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
São momentos que tracamos as ideias..
Um grande abraço,
Sandra

Eva Gonçalves disse...

Muito bonito o poema, eu começei no meio e depois de baixo para cima, rrrsss e só agora li a tua participação! Parabéns, gostei bastante. Beijo

Luz disse...

Bem...
Fiquei sem ar...
Li..., reli..., senti...
E nesta ternura tanto que revivi...

Beijos

Eduardina disse...

Só agora pude passar por aqui. E junto a minha voz à dos outros comentadores. gostei!

soninha. disse...

Muito belo e sensual.parabéns.abçs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...